Hospital de Base do Distrito Federal recebe novas cadeiras de rodas

 



                                                                                                                                                                                                                Foto: Davidyson Damasceno


 Equipamentos modernos são parte de iniciativa do Ministério da Saúde para melhorar o atendimento hospitalar

 

Nesta semana, o Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF) foi contemplado com 40 cadeiras de rodas hospitalares modernas, destinadas a todos os setores da instituição. A entrega foi realizada pela Assessoria de Relações Institucionais (ASREI), como parte de uma portaria promovida pelo Ministério da Saúde para aquisição de equipamentos essenciais.


 As cadeiras de rodas são fundamentais para a locomoção segura e adequada de pacientes com mobilidade reduzida nas dependências do hospital. Adquiridas por meio de uma Portaria específica do Ministério da Saúde, esses dispositivos são fundamentais para equipar o hospital e humanizar o atendimento ao usuário do Sistema Único de Saúde (SUS). Todas as cadeiras foram devidamente etiquetadas pelo setor de patrimônio e distribuídas pelos setores do HBDF.


                                                                                                                                                                                                                 Foto: Davidyson Damasceno.


A chefe da ASREI, Mariana Diniz, destacou a importância dessa renovação. “As cadeiras de rodas atuais já estão além de sua vida útil determinada pelo fabricante, como estipulado no Contrato de Gestão. Isso causa uma série de problemas, como desgaste excessivo, instabilidade estrutural e deterioração da superfície de trabalho. Além disso, alguns móveis podem apresentar defeitos que comprometem sua segurança e funcionalidade, representando riscos ergonômicos para os funcionários”, explica.


Essa aquisição representa um avanço na melhoria dos serviços prestados pelo HBDF, reforçando o compromisso da instituição com a saúde e o bem-estar de seus pacientes. “Tudo que fazemos na área de saúde tem uma importância muito grande na vida das pessoas. Se tivermos o melhor equipamento, mas se não tratarmos as pessoas com dignidade, elas sairão sem o que mais esperam, que é a humanização do atendimento. Atender bem as pessoas é a prioridade”, enfatiza o superintendente do HBDF, Guilherme Porfírio.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem