Meio ambiente: mais sustentabilidade e combate a incêndios florestais

Oitenta prédios públicos terão a energia gerada por painéis solares instalados na usina de solo do Parque Ecológico de Águas Claras e nos telhados de edificações dos parques do Cortado (Taguatinga), Ezechias Heringer (Guará) e Dom Bosco (Lago Sul) | Foto: Divulgação/Sema
Oitenta prédios públicos terão a energia gerada por painéis solares instalados na usina de solo do Parque Ecológico de Águas Claras e nos telhados de edificações dos parques do Cortado (Taguatinga), Ezechias Heringer (Guará) e Dom Bosco (Lago Sul) | Foto: Divulgação/Sema

Instalação de usina fotovoltaica para abastecimento de prédios públicos, conclusão do projeto CITInova e contratação de brigadistas florestais estão entre as ações de destaque da Sema-DF


Por Agência Brasília* | Edição: Débora Cronemberger

"Compartilho alguns dos principais resultados alcançados pela Secretaria do Meio Ambiente e Proteção Animal do Distrito Federal (Sema-DF), durante o ano de 2023. Destaco, inicialmente, a conclusão do projeto CITInova, que teve como uma das principais entregas a Sala de Situação do Sisdia. Um case de sucesso do GDF, apresentado na Califórnia (EUA), no Fórum de Belém e em Porto Alegre.

Fizemos gestão de parcerias com o Instituto Perene e Instituto Espinhaço nas ações de recuperação e manutenção dos plantios, em 286 hectares, nas orlas Sul e Norte do Lago Paranoá, bem como em unidades de conservação. Realizamos duas capacitações em mudança do clima; cinco cursos de agricultura sustentável e a instalação de uma usina fotovoltaica para abastecimento de prédios públicos.

O nosso Plano de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais reduziu em 70% os incêndios comparados com 2021. Dentre as ações, destaco a realização de cursos de capacitação para 160 produtores e 200 servidores. Realizamos cinco blitze educativas, com mais de 100 alunos de escolas classe, bem como 600 km de aceiro e a contratação de 150 brigadistas florestais.

Visita de alunos da rede pública à Usina de Energia Fotovoltaica, no Parque Ecológico de Águas Claras; instalação de maquete física interativa, para apresentação didática das usinas. Lançamos um Projeto de Identificação e Monitoramento da População de Capivaras na Orla do Lago Paranoá. Coordenamos o Dia de Plantio no DF, em 3 de dezembro. Ao todo, foram plantadas 10 mil árvores em unidades de conservação e em áreas externas pré-estabelecidas.

Finalizamos o exercício de 2023 com 13.958 castrações, além da inauguração da Unidade Itinerante de Castração (Castra-DF). Assinamos o Decreto nº 44.607/2023, estabelecendo diretrizes para o sistema de logística reversa de embalagens, e firmamos o Acordo de Cooperação para modernizar a gestão dos planos de Gerenciamento de Resíduos Sólidos."

*Gutemberg Gomes, secretário de Meio Ambiente e Proteção Animal do Distrito Federal

Emerson Tormann

Técnico Industrial em Elétrica e Eletrônica com especialização em Tecnologia da Informação e Comunicação. Editor chefe na Atualidade Política Comunicação e Marketing Digital Ltda. Jornalista e Diagramador - DRT 10580/DF. Sites: https://etormann.tk e https://atualidadepolitica.com.br

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem