Passeio turístico pelo Setor Comercial Sul resgata histórias da região

Apoiados pelo GDF, os passeios gratuitos no Setor Comercial Sul iniciaram em setembro e seguirão pelo primeiro semestre de 2024 | Foto: Nina Quintana
Apoiados pelo GDF, os passeios gratuitos no Setor Comercial Sul iniciaram em setembro e seguirão pelo primeiro semestre de 2024 | Foto: Nina Quintana

Iniciativa leva turistas ao centro da capital para conhecer curiosidades dos becos, praças e prédios do centro comercial unindo cultura e criatividade


Josiane Borges, da Agência Brasília I Edição: Débora Cronemberge

A pé entre as quadras, turistas e moradores do Distrito Federal imergem na história, na cultura e na arquitetura do Setor Comercial Sul (SCS). O projeto Walking Tour do SCS Tour, que recebe fomento do Governo do Distrito Federal (GDF), por meio da Secretaria de Turismo (Setur-DF), convida as pessoas a terem uma experiência diferente no coração de Brasília.

A iniciativa conquistou o selo Travellers Choice do TripAdvisor, que a recomenda como uma das melhores experiências da capital federal, que busca resgatar as memórias e curiosidades da região por meio do Turismo Criativo e leva os visitantes a circularem pelas galerias, becos, praças e prédios da região.

"O projeto tem o objetivo de colocar o setor na rota turística, como uma forma de apresentar o potencial da região, desenvolvemos rotas como o Graffiti Tour, focado na arte urbana; o Tour Fotográfico, direcionado aos amantes da fotografia; e o Walking Tour, um passeio a pé que busca desvendar o território do Setor Comercial Sul, os personagens que dão nomes aos edifícios, entre outras curiosidades", explica o coordenador do projeto, Guilherme Capanema.

Durante aproximadamente duas horas e acompanhados por um guia, os turistas perpassam pela história e arquitetura dos prédios das quadras 1 a 5, pelos movimentos culturais, Galeria dos Estados, pela Praça dos Artistas e outros trechos icônicos da região. O ponto de encontro é em frente aos edifícios Morro Vermelho e Camargo Corrêa, localizados na SCS Quadra 1. "São locais importantes para a história de Brasília. Durante a visita, é possível conhecer alguns dos edifícios mais emblemáticos do SCS, descobrir histórias fascinantes e curiosidades sobre a construção e desenvolvimento da região e seus personagens, além de visitar espaços culturais, como museus e galerias de arte", detalha Capanema.

Como participar

"Projetos como o Walking Tour trazem aos visitantes uma nova visão sobre a cidade e ajudam a consolidar o potencial turístico", afirma o secretário de Turismo, Cristiano Araújo | Foto: Francisco Willian

Os passeios gratuitos com o apoio da Setur iniciaram em setembro e seguirão pelo primeiro semestre de 2024. Em cada visita, o projeto recebe entre 20 e 30 pessoas em cada caminhada. Para participar é necessário fazer a inscrição neste link.

De acordo com o coordenador do projeto, seis passeios já foram realizados e contaram com a presença de turistas locais, de fora de Brasília e até mesmo de outros países. "Temos moradores do DF, que conhecem a região como ponto de trabalho ou somente de passagem, que nunca pararam para conhecer a história, e turistas de outros estados e países que já conheceram os pontos turísticos tradicionais e estão buscando um outro lado de Brasília", relata Capanema.

Turismo no DF

Para o secretário de Turismo, Cristiano Araújo, projetos como esse colocam Brasília dentro de outros cenários, como do Turismo Criativo. "O Setor Comercial Sul está repleto de histórias que complementam a construção da cidade até os dias atuais, são muitos edifícios, ruas, praças, pessoas e becos que colaboram com a cultura da capital. Projetos como o Walking Tour trazem aos visitantes uma nova visão sobre a cidade e ajudam a consolidar o potencial turístico", afirma Araújo.

O Turismo Criativo se traduz, na atualidade, como tendência do mercado mundial e como uma necessidade para diversificar a oferta de produtos e segmentos que compõem a economia do turismo.

Brasília está entre os principais destinos turísticos de brasileiros e estrangeiros. Para atender as pessoas que visitam o DF, a cidade conta com cinco centros de apoio ao turista (CATs): no aeroporto, na Esplanada dos Ministérios, na Rodoviária Interestadual, na Superquadra 308 da Asa Sul e na Torre de TV, com uma unidade móvel. O espaço funciona de sexta a domingo, em todos os fins de semanas e feriados. São oferecidas gratuitamente informações sobre os produtos e serviços turísticos no DF e Entorno, como mapas, guias turísticos e materiais promocionais, distribuídos individualmente.

12/11/2023 - Passeio turístico pelo Setor Comercial Sul resgata histórias da região

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Últimas

5/recent/post-list