Com recursos do FAC, 1º Festival Giro Vegano movimenta bares e restaurantes

Estão participando 22 estabelecimentos localizados na Asa Norte, Águas Claras, Lago Sul, Altiplano Leste, SOFN, Vila Planalto, SIA, São Sebastião e Jardim Botânico ‌


Catarina Loiola, da Agência Brasília | Edição: Chico Neto

Pratos e petiscos veganos, ou seja, sem produtos de origem animal, vão movimentar bares, restaurantes, cafeterias e outros estabelecimentos do Distrito Federal. O I Festival Giro Vegano entra em cartaz nesta semana, entre os dias 16 e 19, com o objetivo de levar novos sabores e experiências para a população. A iniciativa é viabilizada com recursos do Fundo de Apoio à Cultura (FAC), da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal (Secec-DF).


Refeições bem-preparadas e com aparência apetitosa: tudo será feito à base de vegetais | Fotos: Claudio Moraes / Divulgação


Organizadora e idealizadora do evento, Renata Agostinho afirma que o investimento foi fundamental para tirar o projeto do papel. "Um primeiro impulso para um projeto bem-realizado abriu caminhos para uma sustentabilidade futura, a partir de novos apoiadores e patrocínios diretos", salienta ela, que atende pelo nome artístico de Tatá Agostinho e tem mais de 25 anos de experiência na gastronomia.

Adesão dos bares

A ideia de criar um festival de pratos veganos surgiu a partir do contato com estabelecimentos do tipo. "Foi quando me dei conta do básico: 'vegano também bebe'", conta ela. "E os bares não têm quase nenhuma oferta, além da tradicional batata frita. Como mudar isso? A partir de então, vim formatando a ideia do Giro Vegano, com que pretendo rodar no Brasil, se tudo der certo".



Participam do festival 22 estabelecimentos localizados na Asa Norte, Águas Claras, Lago Sul, Altiplano Leste, SOFN, Vila Planalto, SIA, São Sebastião e Jardim Botânico. Todos receberam treinamento sobre veganismo e acessibilidade atitudinal.

Os espaços comercializarão duas receitas – especialmente criadas para o festival – por R$ 25 cada. Os cardápios são variados e prometem agradar todos os gostos: há poke de tofu e cogumelos, brandade de alho-poró, bolinhos com massa de feijão e funghi e até lasanha.

O público poderá votar no prato de que mais gostar, contribuindo, assim, com a escolha das três melhores receitas do festival. As vencedoras serão divulgadas nas redes sociais do evento, e o estabelecimento que ficar em primeiro lugar servirá uma degustação no encerramento do festival, no Espaço Cultural Renato Russo. O resultado será a soma da votação popular e do júri especializado. Os prêmios são de R$ 4 mil (primeiro lugar), R$ 2,5 mil (segundo lugar) e R$ 1,5 mil (terceiro lugar).

‌Palestras

O I Festival Giro Vegano também será composto por três palestras online e gratuitas, a serem realizadas nos dias 24 e 31 deste mês e em 7 de novembro, sempre às 19h. A mediação será feita pela profissional de gastronomia Marta Liuzzi, com tradução simultânea em Libras. As inscrições e os links para as palestras serão divulgados nas redes sociais do festival.



Em cada um dos encontros, uma personalidade dividirá experiências com o público. Participarão o gastrônomo Paulinho Lima (dia 24), que falará sobre aproveitamento de alimentos para receitas saudáveis; o chefe de cozinha e churrasqueiro Tonico Lichtsztejn (dia 31), que abordará churrasco vegano, e a nutricionista, consultora e curadora gastronômica Neide Rigo (7/11) que vai compartilhar conhecimentos sobre cozinha circunstancial e Pancs (Plantas alimentícias não convencionais).

Confira, abaixo, a lista de estabelecimentos participantes.

→ Saucker Águas Claras
→ Saucker Asa Norte
→ Los Baristas
→ Pinella Bar
→ Café Cultural do Cerrado
→ Release Empório Badauê
→ Vem sem Glúten
→ Orto Pizza
→ Jobim
→ Mimo Bar
→ Japa Vegana
→ Traçado Bar
→ Braseiro Empório do Cervejeiro
→ Aflora Gastrobar
→ Açougue Vegano
→ Sabores do Mundo
→ Cantucci Osteria
→ Superquadra Bar
→ Corina Cervejas Artesanais
→ Inverso Bar
→ Wanna Brie
→ Yakiton.

‌Serviço

I Festival Giro Vegano

→ De segunda-feira (16) até 19 de novembro
→ Link para palestras: a ser divulgado pelas redes sociais do festival
→ Mais informações sobre os cardápios neste site.

Emerson Tormann

Técnico Industrial em Elétrica e Eletrônica com especialização em Tecnologia da Informação e Comunicação. Editor chefe na Atualidade Política Comunicação e Marketing Digital Ltda. Jornalista e Diagramador - DRT 10580/DF. Sites: https://etormann.tk e https://atualidadepolitica.com.br

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Últimas

5/recent/post-list