$type=grid$count=5$l=0$rm=0$a=0$cm=0$m=0$s=0

A Lei do Superendividamento e o mínimo existencial: enquanto não há uma regulamentação específica, a situação continua a critério dos julgadores

Por Flávio Christensen Nobre   As dívidas podem se tornar uma "bola de neve". Um empréstimo para pagar uma conta ...


Por Flávio Christensen Nobre

 

As dívidas podem se tornar uma "bola de neve". Um empréstimo para pagar uma conta já atrasada, o uso do cartão de crédito para tentar acertar dívidas mais antigas e pronto: o consumidor já não consegue mais pagar nada. E quando esse montante devido ultrapassa a remuneração daquele indivíduo, se caracteriza o superendividamento. Com o objetivo de melhor essa situação e minimizar a inadimplência, foi criada a Lei do Superendividamento, de número14.181/21. Por mais que ela possa ser benéfica, alguns pontos devem ser analisados.

É fundamental que esse assunto seja colocado em pauta e que uma lei específica para os inadimplentes tenha sido criada. Para se ter uma ideia, somente até o ano passado, 72,5 milhões brasileiros estavam negativados no Serasa.

Muito disso acontece porque as pessoas encontram uma certa facilidade na hora de conseguir obter crédito e, mais do que ajudar, isso atrapalha. Elas acabam consumindo muito mais do que a capacidade de pagamento e gastam de uma maneira desorientada. Isso, claro, também causa um problema para as instituições, que não recebem o pagamento.

Então, a Lei acaba sendo benéfica para os dois lados: para quem, finalmente, conseguirá pagar e para as empresas que receberão o dinheiro. Com a negociação dando certo, o benefício reflete no mercado de um modo geral, até porque os consumidores poderão voltar a gastar quando terminarem de pagar a dívida.

Mas, para que isso funcione, é necessário que todos os pontos da lei sejam muito bem estabelecidos. O primeiro requisito para que possa ser considerado um superendividado é que esteja devendo de boa-fé. Sendo assim, a inadimplência deve ser proveniente de uma renda inferior ao montante acumulado pelas dívidas.

Acontece que, para analisar essa insuficiência de renda, há um quesito denominado "mínimo existencial". Isso significa que o pagamento das dívidas deve ser feito sem que a pessoa ou a família tenha prejuízo no sustento e no pagamento das contas básicas para a sobrevivência.

Mas, quanto seria o mínimo existencial para cada um? A lei não traz um parâmetro ou um conceito. Embora existam alguns institutos que dão alguma noção sobre o tema, não há nada legalmente estabelecido. A Federação Brasileira de Bancos (Febraban), por exemplo, estipula que o mínimo existencial para uma pessoa que ganha até dois salários mínimos seria de 60% em cima desse valor, enquanto para aqueles que ganham cinco salários seria de 50% e quem ganha acima de dez salários o ideal seria um mínimo existencial de R$ 5.500.

Porém, por mais que existam essas bases, o ideal seria que a lei trouxesse esse conceito já padronizado, para que não ficasse nada tão subjetivo, como acontece agora. Este é um ponto importante que acaba deixando uma lacuna na legislação. Ele se torna fundamental para que, de fato, possa haver um parcelamento sustentável das dívidas. Sem essa determinação em lei, o critério dos julgadores prevalece e cada situação é julgada de uma forma – algo que não é democraticamente aceitável.

Outro ponto é a comprovação de renda do inadimplente. Muitas pessoas que têm renda são trabalhadoras informais. E, então, como seria feito o cálculo para os indivíduos que não possuem formalidade e uma renda fixa, mas tomam valores? Todos esses quesitos precisam estar muito bem formulados para que a lei não tenha brechas e seja realmente eficiente.

É possível afirmar que os serviços essenciais são os principais vilões dos negativados. Isso porque não são raras as situações em que as pessoas deixar de pagar as contas para comprar outros bens de consumo. Por isso, é importante ressaltar a educação financeira, que precisa ser ampla e rígida. Isso torna os consumidores conscientes e responsáveis e os traz para a realidade. O mercado precisa disso para gerar índices que parametrizem as mais diversas áreas da economia.

Como se vê, a Lei do Superendividamente veio em boa hora – mas, ainda precisa de alguns ajustes, para que credores e devedores finalmente se entendam.

 

*Flávio Christensen Nobre é Advogado especialista nas relações de consumo e Presidente da Comissão de Direito do Consumidor da 56ª Subseção da OAB/SP.


Sobre a banca Christensen Nobre Advogados

Christensen Nobre Advogados é uma banca composta por especialistas em Direito Contencioso e Consultivo, Tribunal Arbitral, Penal Econômico, Incorporação Imobiliária, Trabalho, Empresarial, Societário, Tributário e Empresarial.

À frente do escritório está o Dr. Flávio Christensen Nobre, que há 20 anos atua nessas áreas.


Livre de vírus. www.avast.com.

COMENTÁRIOS

Neoenergia
Nome

# Na Hora do Brasil,1185,#ESG,1,#Futuro,1,#governança,1,#GreenPlac,1,#Hetrin #Acreditação #Saúde,1,#meioambiente,1,#sobradinhoDF,2,1 ano,1,1000° Altas,1,20 de março,1,61 99807-2015 Zap da Redação,1948,Abad,1,Abril Verde,1,Ação social,4,Acidentes,1,ACLS,1,Acolhimento,5,Acreditação,2,Administração,1,Adolescentes,1,Aedes aegypti,2,Afetivo,1,agro,1,álcool,1,alimentação saudável,5,Aline Sleutjes,2,Alta,2,Altas,118,Alzheimer,1,Ambulatório,5,Amor além do vidro,1,Amor cantado,16,ampliação,1,Aniversário,3,Aparecida de Goiânia,1,Aplicativos,1,Aprovação,1,Aprovado,1,Asas,1,asperbras,9,Asperbras.,1,Assessoria de imprensa,1,Assessoria e Comunicação,1,Assistência,1,Assistência social,2,atacadistas,1,atacarejo,2,Atendimento,5,atendimento médico,1,Atendimento psicológico,1,Atendimentos,4,Automobilismo,1,Automóveis,2,Avanços,1,Bactérias,1,Balança Comercial,1,Battle of Sotiras,1,Bebe,1,Bebê,1,beleza,1,bichinhos de estimação,1,Blockchain,1,bonolat,2,bonolat enriquecido,1,bonolat zero lactose,1,brasi,1,brasil,523,Brasil Certo,50,Brasilia,50,Brasília,872,brb,2,Brigada de incêndio,1,cachorro,1,cadeirantes,1,Caesb,1,Caiado,1,Caipirinha,1,caldeira,1,calor,1,Câmara de Comércio Brasil-Canadá,1,Campanha,1,Canadá,1,câncer,4,Câncer infantil,1,Capacidade produtiva,1,capacitação,1,capadr,1,Capital Projects Podcast,1,caravana do leite,1,Carnaval com sabor e saúde,1,Carolina Pepitone,2,carreira,1,casa nova,1,Casamento,1,CCBC,1,Ceia de Natal,3,Ceilândia,1,Central de monitoramento,1,Centro Cirúrgico,1,Centro Obstétrico,1,Certificado,1,cesta básica,1,chikungunya,1,Chocolate da Chef,100,chuva,1,chuvas,1,Cidades,686,Cinema,2,cirurgia,7,cirurgia de prótese,2,cirurgia ortopédica,2,Cirurgias,3,CLDF,2,CLT,1,Colaboradores,1,Colorretal,1,combate ao câncer de próstata,1,Comércio Exterior,1,comida na mesa,1,comper,3,Compliance,1,compras de mercado,3,Comunicação,1,Condomínios,166,conforto,1,congresso,1,Consultoria,1,Contador de histórias,1,Contratação,1,Contratações,1,Controlar,1,CoronaVac,1,coronavírus,102,Correção,1,corrupção,1,Covid-19,4,covid19,5,CPI dos Bingos,1,CRE,1,Creche,1,Creche Pingo de Ouro,1,Crescimento profissional,1,Criança,1,Crianças,3,CTVA,1,Cuidar e Amparar,1,culinária saudável,2,Cultura,19,Cyro de Melo,6,Delegado Cristiomário,1,Delmasso,4,dengue,2,dependência,1,Deputada,1,Deputada do Agro,1,deputada federal,1,deputadadoagro,1,Deputado Castelo Branco,1,Detran-DF,114,Dezembro Laranja,1,Dia C,1,Dia da Cachaça,1,Dia da Cerveja,1,Dia das Mães,1,Dia do Café,1,Dia do Hambúrguer,1,Dia do Queijo,1,Dia dos Namorados,1,Dia Internacional das Mulheres,1,Dia Mundia da Osteoporose,1,Dia Nacional de Prevenção e Combate à Surdez,1,Dicas,144,Disciplina para vencer,1,distribuidores,1,Distrito Federal,586,Diversão na pandemia,1,Doação,2,Doação de Sangue,2,Doença,1,Down,1,drogas,1,Ecco,2,Ecco 18 anos,1,Economia,282,Educação,334,Eleições 2022,3,Emocional,1,empreendedorismo,6,Emprego,1,Empregos,2,Empregos no DF,4,Empresário,1,Enfermagem,2,entorno,1,equipe de segurança,1,Equipe multidisciplinar,1,Escola,1,Espirito Santo,99,Esportes,3,Estágio,1,estética,1,Eventos,210,Exames,1,executivo,1,Família,3,Fantasias,1,Farmácia,1,Festa,1,festa de aniversário,1,FESTA JUNINA,1,Festas,1,Festival de Fraldas,1,Fevereiro,1,Fevereiro laranja,1,Fevereiro roxo,1,Fibromialgia,1,Filme,1,Fintechs,1,Fisioterapia,2,fístula broncopleural,1,Flávia Arruda,1,Fonoaudiologia,1,força,1,Formosa,6,fort atacadista,20,Fórum Mulheres na Política,1,Fred Mayrink,1,frutas,1,Game,1,gastronomia,9,gato,1,GCN,1,Geriatria,1,Gerontologia,1,gestores,1,Glaustin da Fokus,2,Goias,51,Goiás,110,Gratidão,1,Gravações,1,greenplac,3,Gripe,2,grupo asperbras,1,Grupo Pereira,1,Guiga Peixoto,1,Hanseníase,1,HCN,22,HEF,15,HEL,39,HESLMB,15,Hetrin,7,Higienização,1,Hospitais,16,Hospital,7,Hospital Estadual de Formosa,8,Hospital Estadual de São Luís de Montes Belos,1,Hospital Estadual do Centro-Norte Goiano,1,HRL,31,humanização,1,HUTRIN,1,Ibaneis,1,Ilizarov,1,IMED,135,Importância,1,Inauguração,2,INCA,2,inclusão,1,Infraestrutura,1,Inovação,1,Internacional,4,Investimentos,1,IST,1,Izalci,1,Janeiro Branco,1,Janeiro Roxo,1,Jataí,1,JBS,1,Jornada,1,Jornalismo,1,Jornalista Paulo Melo,552,josé maurício caldeira,5,josé roberto colnaghi,2,Jovens,5,Juventude,2,kit escolar,1,Kit Higiene pessoal,1,lanche em casa,1,Laranja,1,ldo,1,Leandro Baccari,1,lei de diretrizes orçamentárias,1,leite bonolat,1,Leitos,3,Lesões,1,Leucemia,1,lide talks,1,liquidações,1,lista de compras,1,Lúpus,1,Luziânia,17,Maio Amarelo,1,Mãos,1,Marketing,1,Maternidade,2,mdf greenplac,1,Medicação,1,Medicamentos,1,Medicina,2,Médicos,1,melhoriasc,1,mercado,1,mercado de trabalho,4,mercado para deficientes,1,Mercado Pet,1,Mês da Mulher,1,método russo,1,Minas Gerais,49,Ministério da Infraestrutura,1,modernos,1,mulher,1,mulher empreendedora,2,multiplan,2,Mundo,264,Musica,1,música,1,Musicoterapia,1,Na Hora,392,Na Hora do Brasil,2993,Nascimento,1,Natal,3,Natal em família,1,natal milionário,1,Naura Schneider,1,Negócios,54,Neonatal,1,news,659,noticias,1314,notícias,1094,Novembro Azul,2,Novidades,1,Novo procedimento,1,novos leitos,1,novos produtos bonolat,1,Ômicron,2,OMS,2,ONA,2,Opiniao,110,OPINIÃO,217,oportunidade,150,Orientação,1,Ortopedia,1,ossos,1,Outubro Rosa,2,Paciente,1,pacientes,2,Painel,1,pandemia,11,Papai Noel,1,Páscoa,1,PCD,1,Pediatria,1,Pediátrica,1,Pedido de casamento,1,Perfil,1,pets em casa,1,Pfizer,1,Playtoearn,1,Podcast,1,Política,15,Portal Na Hora do Brasil,1054,preço baixo,1,prematuro,1,Prêmio,1,presente de Natal,1,Presidente Bolsonaro,1,Prevenção,3,Processo seletivo,1,Profissionais,2,programa FOCO NACIONAL,1,Projeto de Lei,1,Projetos de Capitais,1,promoção,1,Promoção de fraldas,1,promoção de verão,1,promoções,2,pronto-socorro,1,Prontuário,1,Prosperi,1,protagonismo feminino,1,Psicologia,2,Psiquiatria,1,Quick Trade Facts,1,readequação de leitos,1,Recém-nascido,1,Recorde,3,recorde de atendimento,1,Recuperação,2,Reencontro,1,Reforma,1,Regionalização,1,regulação estadual,1,Responsabilidade,1,reunião,1,Rio de Janeiro,49,Robério Negreiros,2,Roupas,1,Roxo,1,salários,1,São Luís,1,São Luís de Montes Belos,1,São Luís de Montes Belos atendimento médico,1,São Paulo,49,Saúde,166,Saúde Goiás,4,SBACV,1,Secretária,1,secretaria de saúde,1,Segurança,13,Segurança do Paciente,2,SES,2,Sesc,1,Setembro Amarelo,2,shoppings centers,1,Silvania Dal Bosco,2,Silvicultura,1,Simpósios,1,sleutjes,1,Solidariedade,2,solteirice,1,Soraya Thronicke,1,Sorteio,2,sorteio de brindes,1,sorteio de carros,3,sorteio de prêmios,2,Startups,2,sucos refrescantes,1,sudoeste goiano,1,superação,1,SUS,3,Sustentabilidade,1,Tarcísio de Freitas,1,Tecnologia,8,Terapia,1,Terceira Idade,1,token,1,tomografia,1,Torácica,2,Trabalho,5,trabalho para deficientes,1,Trânsito,1,transporte,1,Tratamento,1,Traumas,1,Triagem,1,Troco Solidário,2,Tuberculose,1,UCIN,1,Uniformização,1,UPA,1,Uruaçu,5,UTI,12,Vacina,1,Vacinas,3,Vagas,3,vagas abertas,1,Vagas em Brasília,1,valorização pessoal,1,Vander Aloísio Giordano,2,vander giordano,1,Vanderlan,2,varejo,1,Varizes,1,Vencer na adversidade,1,Verão,1,vida em equilíbrio,1,vida saudável,2,Vídeos,1,Vidro,1,Vigilância,2,vigilância motorizada,1,violência sexual,1,Visitas,1,Vitamina D,1,Voluntariado,1,Webinar,1,www.nahoradobrasil.com.br,931,zika,1,
ltr
item
Na Hora do Brasil: A Lei do Superendividamento e o mínimo existencial: enquanto não há uma regulamentação específica, a situação continua a critério dos julgadores
A Lei do Superendividamento e o mínimo existencial: enquanto não há uma regulamentação específica, a situação continua a critério dos julgadores
https://blogger.googleusercontent.com/img/a/AVvXsEgKSIGF-QOOY8d7dMcnR9gUrzRKWddZoFiDJAOApolqpklew_zxEyQYwuIyKEf1hdwYhGdafJ8JSQk1IybHwhOhgUhxSpWwJDrsX3Zf1r9UXJsRKqvrPl2s942SCwDOULfopk_wbUUI2oXb38VxMggJC0lBFQPG_5_bfhjPyS9sayPjWVPjNZBAASbV=s320
https://blogger.googleusercontent.com/img/a/AVvXsEgKSIGF-QOOY8d7dMcnR9gUrzRKWddZoFiDJAOApolqpklew_zxEyQYwuIyKEf1hdwYhGdafJ8JSQk1IybHwhOhgUhxSpWwJDrsX3Zf1r9UXJsRKqvrPl2s942SCwDOULfopk_wbUUI2oXb38VxMggJC0lBFQPG_5_bfhjPyS9sayPjWVPjNZBAASbV=s72-c
Na Hora do Brasil
https://www.nahoradobrasil.com.br/2022/05/a-lei-do-superendividamento-e-o-minimo.html
https://www.nahoradobrasil.com.br/
https://www.nahoradobrasil.com.br/
https://www.nahoradobrasil.com.br/2022/05/a-lei-do-superendividamento-e-o-minimo.html
true
7395722977831339503
UTF-8
Carregar todos Post não encontrado Ver Todos Ler Mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGS POSTS Ver TUDO RELACIONADAS TÓPICO ARQUIVO BUSCAR TODOS A busca não retornou respostas Início Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora 1 minuto há $$1$$ minutos 1 hora há $$1$$ horas Ontem há $$1$$ dias há $$1$$ semanas há mais de 5 semanas Seguidores Seguir CONTEÚDO EXLUSIVO - COMPARTILHE PARA ACESSAR 1º Compartilhe em suas redes sociais para liberar 2º Clique no link compartilhado em sua rede social Copiar TUDO Selecionar TUDO Todos os códigos foram copiados Códigos/textos não copiados, pressione [CTRL]+[C] (ou CMD+C no Mac) para copiar Tabela de Conteúdo