Bebida vegetal BIOV
Crédito: Jasmine Alimentos

Com propriedades anti-inflamatórias, baixo índice glicêmico, sem aditivos, menor potencial alergênico e enriquecida em cálcio, vendas do produto cresceram 860%

As bebidas vegetais têm conquistado cada vez mais espaço na mesa dos brasileiros. Essa tendência do novo hábito alimentar extrapolou sua antes tímida presença nas prateleiras dos supermercados. Mais que uma alternativa de consumo para pessoas intolerantes à lactose ou com alergia à proteína do leite, o segmento de bebidas vegetais evoluiu exponencialmente. Segundo dados do Euromonitor Internacional, a categoria cresceu 860% em 2019 e estima-se que possa aumentar 150% até 2024. Pode-se afirmar que as bebidas vegetais, hoje, são uma opção mais saudável e sustentável para os consumidores atentos aos hábitos alimentares, além de oferecer uma pluralidade de opções inovadoras à base de cereais, frutos, sementes oleaginosas e leguminosas.

A Jasmine Alimentos, empresa paranaense líder no segmento de alimentação saudável e pioneira na comercialização de bebidas à base de plantas no país, aposta nessa tendência desde 2010 e oferece uma variedade de seis bebidas vegetais batizadas de BIOV’s em duas versões: líquida e em pó para diluir. Os sabores da bebida líquida são: Arroz com Amêndoas, Arroz com Cálcio e Aveia com Cálcio, enquanto os sabores em pó dividem-se em Original, Arroz com Coco e Arroz com Aveia. Inovadoras e saudáveis, as bebidas vegetais apresentam melhor biodisponibilidade – proporção de nutrientes que de fato são digeridos e absorvidos pelo organismo – e menores impactos ao meio ambiente.

A saudabilidade dos BIOV’s

Os componentes ativos presentes nos BIOV’s são cereais integrais e sementes oleaginosas. Desta forma, cada opção do portfólio da marca apresenta uma composição nutricional específica, com concentração de vitaminas, minerais, proteínas, compostos ativos e fibras distintos e de acordo com o ingrediente de base. Além das propriedades nutricionais dos sabores de aveia, amêndoa, coco e arroz, as bebidas líquidas Arroz e Aveia são enriquecidas com cálcio vegetal (Lithothamnium Calcareum) à base de algas, assegurando um produto ainda mais completo.

Dentre os benefícios em aderir a bebida feita à base de plantas, destacam-se as propriedades anti-inflamatórias e fácil digestibilidade. As bebidas vegetais ainda são livres de colesterol, têm potencial alergênico reduzido visto que não possuem caseína e ainda não apresentam gorduras saturadas, sendo de fácil digestibilidade. “É importante que o consumidor verifique o rótulo do produto e certifique-se que a bebida vegetal não tenha aditivos, como adoçantes, corantes, aromatizantes e conservantes. Uma outra dica é, quando possível, escolher as bebidas orgânicas livres de agrotóxicos, a fim de garantir maior teor nutricional”, detalha dra. Karla Maciel, nutricionista e consultora da Jasmine Alimentos.

Reforçando sua responsabilidade social e segurança alimentar, as bebidas da Jasmine Alimentos não levam leite na composição, tampouco têm risco de contaminação de lactose. “Nossos produtos são integralmente clean label, sem adição de aditivos artificiais, açúcares ou conservantes. Eles são orgânicos certificados e adotamos especial cuidado na elaboração, processo de envase e rotulagem para entregar um produto seguro, explicativo e nutricionalmente completo para nosso cliente”, complementa Melissa Gomide Carpi, gerente de P&D da empresa.

Uma bebida ecológica

Superando os benefícios nutricionais, as bebidas vegetais causam menos impactos ao meio ambiente. Isso se deve ao fato de a indústria agropecuária leiteira ser uma das atividades que mais gera impacto na natureza com altos índices de emissão de gases do efeito estufa, além de consideráveis usos de terra e água.

Segundo um estudo feito pela Universidade de Oxford, na Inglaterra, a produção de um copo de leite gera quase três vezes mais emissões de gases do efeito estufa que qualquer alternativa vegetal.

Sobre a Jasmine Alimentos

A Jasmine Alimentos é uma empresa referência em alimentação saudável. Com produtos categorizados em orgânicos, zero açúcar, integrais e sem glúten, a marca visa atingir o público que busca alimentos saudáveis de verdade e qualidade de vida. A operação da Jasmine começou de forma artesanal há 30 anos, no Paraná. A Jasmine está consolidada em todo Brasil e ampliando sua atuação para a América Latina. Desde 2014, a marca pertence ao grupo francês Nutrition et Santé, detentor de outras marcas líderes no segmento saudável na Europa. Mais informações: www.jasminealimentos.com. 


 

Compartilhar:

Central Press

Comente:

Boazinhas