Solar das Araucárias será lançado já com as novas medidas do programa Casa Verde e Amarela
Crédito: Divulgação/ Projeção

Com soluções de economia compartilhada e uso responsável dos recursos naturais, Solar das Araucárias, empreendimento da Construtora Yticon, terá 320 unidades distribuídas em cinco torres

O governo federal acaba de anunciar mudanças nas diretrizes do programa Casa Verde e Amarela (CVA), que deverão facilitar ainda mais a aquisição da casa própria pela população de todo o País, em especial do Paraná, que possui a maior parceria vigente em habitação com a União. Maringá é uma das cidades com o maior volume de lançamentos de imóveis residenciais compactos neste ano. A construtora Yticon, do grupo A.Yoshii, irá investir mais de R$ 300 milhões nos próximos dois anos (que fazem parte do projeto de expansão que iniciou em fevereiro deste ano na cidade) e deve gerar mais de mil vagas de empregos na região no mesmo período.

O empreendimento mais recente é o Solar das Araucárias, o 2º da construtora na cidade Canção, que terá 320 unidades residenciais distribuídas em cinco torres de oito pavimentos, cada. A entrega do empreendimento está prevista para julho de 2023. Segundo o gerente de unidade da Yticon, Bruno Catarino, o lançamento integra o plano do município de verticalização de “vazios urbanos”, no qual a construtora foi pioneira na parceria com a prefeitura que, com as novas medidas de melhorias de financiamento de moradias anunciadas recentemente pelo Governo Federal, passaram a ser um sonho ainda mais possível de ser alcançado. “O Ministério do Desenvolvimento Regional irá ampliar o número de famílias aptas a participarem do programa, bem como reduzir significativamente a taxa de juros a uma parte dos beneficiários do programa e ampliar o teto do valor dos imóveis.”

Dentre as medidas, o governo federal anunciou seis melhorias nas propostas de financiamento de moradias já disponíveis em todo país. Parte das unidades do Solar das Araucárias são, prioritariamente, destinadas aos cadastrados no programa de habitação do município. As demais integram o programa Casa Verde e Amarela e podem receber subsídio de até R$ 23 mil, com apartamentos que começam com valores a partir de R$ 146 mil. O empreendimento será construído no bairro Jardim Tropical, região em franca expansão, próxima ao Hospital Universitário (HU) da Universidade Estadual de Maringá (UEM) e da Avenida Mandacaru. Com duas opções de plantas, cada unidade contará com dois dormitórios, com 45 m² de área privativa e 78 m² de área total, além de sacada.

Infraestrutura

O empreendimento foi planejado dentro do conceito de economia compartilhada, o Compartycon, um serviço inovador da Yticon que possibilita aos moradores compartilhar bicicletas, ferramentas de uso geral e material esportivo. As áreas coletivas do Solar das Araucárias contemplam quadra esportiva, playground, piscinas infantil e adulto, espaço gourmet, churrasqueira e pet place.

Dentro dos novos modelos de consciência ambiental e economia de recursos naturais, o empreendimento terá coleta de água da chuva para limpeza de áreas de lazer e irrigação de jardins, além de sistema inteligente de iluminação - com sensor de presença e lâmpadas de led nas áreas comuns. Os apartamentos serão entregues com piso laminado nos quartos e salas, portas com borracha amortecedora, venezianas nos quartos e bancada do banheiro, louças e metais sanitários com dispositivo economizador de água, todos itens considerados diferenciais neste segmento.

Atenta às mudanças de comportamento e demandas de moradia, a construtora integrou a opção “garden” a algumas unidades. Essa ideia – já praticada em empreendimentos de maior valor – foi incorporada a esse segmento, trazendo um diferencial a mais aos clientes. Nesse tipo de planta, disponível em apartamentos térreos, o morador dispõe de um espaço individual de área verde, que se estende além da sacada. Todas as torres possuem elevador, vagas de garagem, guarita com controle de acesso, cerca elétrica, medidores individuais de água, gás e energia elétrica, além de previsão de baixo condomínio e compromisso de entrega no prazo.

O apartamento decorado pode ser visitado no Plantão de Vendas em Maringá, localizado na Avenida Mandacaru, 1.947. Para mais informações, o contato de telefone e WhatsApp é: (44) 99107-8438.

 

Sobre a Yticon Construção e Incorporação

A Yticon é uma construtora e incorporadora que atua há mais de dez anos nas cidades de Londrina, Maringá e Cambé, no Paraná, e Presidente Prudente, em São Paulo. A empresa do Grupo A.Yoshii desenvolve empreendimentos econômicos, localizados em regiões de potencial valorização, especialmente para quem quer conquistar o primeiro imóvel. A Yticon já construiu mais de 5 mil unidades, todas entregues rigorosamente no prazo, somando mais de 500 mil m² de área construída. Mais informações: www.yticon.com.br.

 

Sobre o Grupo A.Yoshii

Fundado há mais de 55 anos, o Grupo A.Yoshii já construiu mais de 2 milhões de m² do Sul ao Nordeste do Brasil, entre obras industriais, edifícios corporativos e residenciais, escolas, universidades, teatros e centros esportivos. É composto pela A.Yoshii Engenharia, com sólida atuação em construções de edifícios residenciais e comerciais de alto padrão em Londrina, Maringá, Curitiba e Campinas; pela Yticon Construção e Incorporação, que realiza empreendimentos econômicos, localizados em regiões de potencial valorização em municípios do Paraná; e pelo Instituto A.Yoshii, voltado para a inserção social e a democratização cultural. Além disso, atua em Obras Corporativas, atendendo grandes corporações em suas plantas industriais, nos mais variados segmentos da economia, como papel e celulose, alimentício, químico, agronegócio, energia, assim como usinas sucroalcooleiras, centros logísticos, plantas automobilísticas, entre outros. Mais informações: www.ayoshii.com.br.


 

Compartilhar:

Central Press

Comente:

Boazinhas