Enquanto crianças ainda não estão sendo vacinadas, é importante manter a imunidade em alta
Créditos: Envato

 Confira as orientações de especialistas para manter a saúde dos pequenos em dia enquanto ainda não podem ser vacinados contra a covid-19

No Brasil, a vacinação contra a covid-19 já alcançou todas as faixas etárias de adultos e começa a avançar para adolescentes. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que mais estudos sejam feitos para confirmar a segurança e eficácia das vacinas disponíveis em crianças de 0 a 12 anos.

Para a enfermeira do Colégio Marista Santa Maria, Meira Marques, enquanto os pequenos ainda não estão sendo vacinados, é importante manter a saúde em dia e a imunidade em alta. “Hábitos de higiene pessoal, fazer exercícios regularmente, se alimentar e dormir bem são formas de manter o sistema imunológico em dia”, orienta.

“A prevenção da covid-19 depende de um esforço coletivo. É importante que a população que pode ser vacinada cumpra o calendário sugerido pelas autoridades locais”, afirma Viviane Hessel, infectologista do Hospital Marcelino Champagnat.

Confira as orientações para estimular a saúde e a imunidade das crianças:

Siga os cronogramas de imunização

Muitas doenças já foram erradicadas por meio de vacinação no Brasil, como a varíola e a poliomielite, por exemplo. Para que continuem assim, é preciso seguir o cronograma de vacinação indicado para crianças e adolescentes e, dessa forma, se prevenir de doenças como varicela, gripe, sarampo e muitas outras.

Estimule a higiene pessoal

Hábitos simples como lavar as mãos com frequência, proteger com lenço descartável o nariz e a boca ao tossir e espirrar, ou usar a dobra do cotovelo, e manter o distanciamento social ganharam importância quando o assunto é prevenção. Além de prevenir a contaminação da covid-19, essas atitudes também evitam outras doenças virais.

Faça um arco-íris no prato

Uma nutrição balanceada é extremamente importante quando o assunto é saúde, independentemente da idade. Para os pais, a primeira dica é dar o exemplo às crianças para que elas sigam hábitos saudáveis. Nas refeições, vale sempre oferecer pelo menos uma opção de vegetal e para os lanches, as frutas e opções saudáveis devem ser as principais sugestões.

Priorize o sono

Manter uma rotina saudável de sono é essencial para o sistema imunológico e o desenvolvimento das crianças. Determinar uma rotina em casa e se manter nela ajuda as crianças a entrarem no ritmo e entenderem o que acontece durante o dia. Pesquisas indicam que as horas de sono têm sido reduzidas ao longo dos anos e isso pode influenciar no humor, no estresse e até no crescimento dos pequenos.

Rotina reduz o stress

Estresse não é algo que acontece somente com adultos. Mudanças na rotina, discussões e ambientes não harmônicos podem gerar estresse nas crianças e com isso afetar sua imunidade, assim como acontece com os mais velhos. Criar uma rotina e estabelecer horários de acordar e dormir, refeições em família e horário para brincar é benéfico para a saúde mental dos filhos.

Brincadeiras do lado de fora

A pandemia restringiu bastante as possibilidades de interação social e brincadeiras fora de casa. Mas com a queda dos casos, vem também a maior possibilidade de brincar e interagir em segurança. Correr, brincar e fazer exercícios ao ar livre libera substâncias químicas que reduzem o estresse e melhoram o humor, o que reforça o sistema imunológico.

Conte com a mãe natureza

Inúmeras pesquisas comprovam os efeitos benéficos da natureza e das áreas verdes para crianças. Estar em contato com áreas naturais, seja em praças, parques ou pequenas viagens perto da cidade, contribuem para o desenvolvimento, foco e criatividade, saúde mental e imunidade das crianças. Sempre que possível, vale a pena pisar na grama e explorar o que a natureza tem a oferecer.


Compartilhar:

Central Press

Comente:

Boazinhas