Projeto de autoria do deputado enfatiza a educação para a integridade, que trata da internalização dos valores sociais fundamentais para o combate à corrupção



O vice-presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), deputado Delmasso (Republicanos), realizou audiência pública nesta quinta-feira (23) para falar sobre o PL 1.687/2021, que institui a Política Distrital de Educação para a Integridade e Prevenção à Corrupção.

O deputado convidou integrantes do projeto Na Moral do Centro Universitário do Distrito Federal (UDF), que tem como objetivo oferecer clareza aos jovens universitários, para que eles tenham ferramentas e conhecimento para lidar com os desafios sociais.

Suliane Rauber, professora doutora da UDF coordena o projeto e, em sua fala na audiência pública, disse que "não adianta cobrar do jovem algo que ele desconheça, mas devemos apresentar ferramentas para ele se posicionar", afirmou a professora na perspectiva do projeto Na Moral.

Também integra o projeto Na Moral o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT). A promotora de justiça, Luciana Asper, do MPDFT, participou da audiência pública e destacou a importância de debater o assunto na atualidade.

"Esse marco legal que está sendo discutido e proposto pelo senhor (Delmasso) é fundamental para que a gente possa deslanchar um processo verdadeiramente intencional e estratégico de formação e do cidadão íntegro que tanto almejamos", disse Luciane.

Em a apresentação da promotora de justiça, Delmasso se emocionou ao ver imagens que retratam a realidade do Brasil quanto aos impactos da corrupção. Ao comentá-las, destacou os contrastes do Brasil e a dor que essas desigualdades retratam.

"A sociedade quer exemplo. Malas de dinheiro fruto de corrupção e pessoas comendo lixo. São essas imagens, de um lugar que fica a 15 minutos do Congresso Nacional, que mexem com a gente. E nós podemos mudar essa realidade", disse Delmasso.

Representando a Secretaria de Educação do DF, o professor Denilson Bento da Costa, disse que a escola de formação de professores do DF está aberta para realizar esse debate. "contem conosco como parceiros nesse tema", disse o professor Denilson. Também esteve presente a subsecretária de Formação Continuada daquela Secretaria, Graça de Paula, que reforçou a fala de Denilson acerca da importância do tema e do desejo de inserir o tema na escola de formação de professores.

O projeto continuará sendo debatido nas demais comissões pelas quais passará, que são a Comissão de Educação, Saúde e Cultura (CESC) e Constituição e Justiça (CCJ). Somente após passar pela análise nessas comissões é que o projeto seguirá para o plenário.
Compartilhar:

Marcella Braz

Comente:

Boazinhas